Foi encaminhado para Cambé,  o corpo do jovem Lucas Eduardo de Oliveira Casagrande,  19 anos, que morreu ontem em Toledo  e que estava internado desde o dia 11 deste mês no hospital Bom Jesus. Ela havia sido vítima de um acidente de trânsito PR 182, trecho que liga Palotina a Maripá, próximo ao trevo de Maripá.

Os  bombeiros de Toledo constataram que a vítima após o acidente estava estado grave e foi encaminhada ao Bom Jesus de Toledo. O veículo conduzido por ele estava carregado com cigarros oriundos do Paraguai e estava fugindo da  PRF de Quatro Pontes. O cigarro ficou espalhado sobre a pista.

O pai dele esteve no IML de Toledo e disse que o filho estava desempregado. O corpo foi levado
para Cambé onde residia(Foto: Leo Silva)
Uma loja de confecções foi arrombada esta madrugada em Toledo mas os ladroes abandonaram um veiculo carregado com as roupas furtadas. A Polícia Militar foi acionada por volta das 04h para atender à ocorrência na  Loja Fama, na Rua Almirante Barroso,  e no caminho deparou-se com uma veículo Fiat Tipo placas IBT-8888, estacionado de maneira suspeita e em local inapropriado. Ao averiguar o veículo, a PM constatou que foi usada chave micha e no interior do mesmo, estavam várias peças de roupas, enquanto  na ignição havia chave mixa. 

A equipe policial fez contato com a equipe de seguranças da empresa em frente ao local, os mesmos informaram que três indivíduos deixaram o veículo após o mesmo apresentar alguma falha mecânica, sendo que estes tomaram rumo desconhecido e o veículo não possui alerta de furto. Em  consulta das placas não constou alerta de furto/roubo, mesmo assim, o veículo foi guinchado a sede do 19BPM para averiguação dos objetos de seu interior. 

No estabelecimento da vítima, Lojas Fama, foi constatado o arrombamento com uso de uma barra de ferro da porta dianteira, a qual, estava trancada e com cadeado, e ficou estilhaçada após o fato. Foram feitas buscas no interior da loja e proximidades, e também nos arredores do local onde foi encontrado o veículo, porem, nenhum suspeito foi localizado. As equipes entraram em contato com o proprietário da loja, sendo que este, compareceu, primeiramente, em sua loja, onde constatou que vários casacos e coletes de ambos os sexos haviam sido subtraídos da parte frontal da loja. 


Na sede do 19º BPM, constatou-se que dentro do veículo Fiat/Tipo havia 26 peças de coletes e casacos (alguns com cabides), com etiquetas da loja fama, os quais, foram reconhecidos pela vítima. A equipe policial conduziu o veículo juntamente com os objetos furtados para a 20ª  SDP.
Gabrielly Lazarin de 13 anos era passageira do Ford Focus, placas AXZ 9068 de Tunas do Paraná, conduzido por Sueli Aparecida da Silva de 37 anos, tendo como passageiros, Arildo Machado de Lima de 38 anos e uma outra adolescente de 12 anos. 

Segundo informações da PRF que atendeu a ocorrência, o acidente aconteceu na BR 277, no km 218 + 300 metros da rodovia, na localidade de Rio das Almas, em Teixeira Soares por volta das 09h50 de hoje (26). 

A condutora perdeu o controle de direção, saiu da pista, colidiu contra uma arvore e desceu um barranco. A adolescente de 12 anos, condutora e o passageiro Arildo, foram socorridos e encaminhados por ambulâncias do Corpo de Bombeiros de Irati e ambulâncias da concessionária, para o Hospital Santa Casa de Irati com ferimentos leves. 

Já Gabrielly morreu no local. As duas adolescente são de Assis Chateaubriand e estavam na capital na casa do casal. Gabrielly é filha do empresário Mauro Adriano da Revisauto de Assis Chateaubriand(Radio Jornal AM).
Um acidente de trabalho foi registrado ontem (26), na Indústria Sperafico, situada na BR-163 proximidades do Portal em Marechal Cândido Rondon e deixou quatro trabalhadores feridos. 

Segundo informações, quatro trabalhadores foram atingidos por chamas após explosão de um equipamento. Inicialmente como a nossa equipe já havia divulgado, o jovem Jean Carlo da Cruz de 19 anos havia ficado ferido, com queimaduras nas costas, foi atendido na Unidade de Saúde 24 horas, logo após foi transferido para atendimento médico, no Hospital Rondon. 

 Mas além deste jovem, mas três pessoas ficaram feridas, e foram encaminhadas para atendimento médico no Hospital Rondon, são elas, Egon, Alexssandro e Valmir, que sofreram queimaduras de segundo e terceiro grau e que estão no aguardo de uma transferência para um Hospital de queimados, em Curitiba ou Londrina. A transferência deverá ocorrer no decorrer do dia desta quarta-feira (Marechal News).
Por volta das 20h40 de ontem, a equipe do setor Sul, foi acionada pela central, para deslocar a rua Coronel Aparício Borges, Vila Pioneira, para averiguar uma solicitação de lesão corporal. No local em contato com uma senhora esta relatou a equipe que seu vizinho identificado posteriormente como G.O.V.S, invadiu sua residência e passou a agredi-la com chutes pontapés. De posse de um facão desferiu vários golpes em seu marido C.F.S, 60 anos.

 Foi solicitado apoio do Siate para prestar atendimento a vítima que apresentava alguns cortes na face e escoriações pelo corpo. O autor dos fatos encontrava-se no local e também apresentava um corte na região da face, após receber atendimento do Siate foi dada voz de prisão ao autor e aprendido um facão utilizado na ação.

 As vítimas foram conduzidas até a upa para receberem atendimento médico devido as lesões causadas no momento dos fato, e o agressor foi conduzido para 20ª SDP juntamente com o facão apreendido, para serem adotados procedimentos cabíveis.
Um casal praticou um assalto em uma residência  nesta segunda-feira na Vila Industrial. Por solicitação via 190 uma equipe policial deslocou-se até a Rua Santos Dumont 4211, Vila Industrial, para atender à vítima de roubo, sendo que o solicitante estaria aguardando no Auto Posto Industrial. 

No local populares relatam que  J. V., chegou até o posto amarrado pedindo por socorro.Os policiais deslocaram com a vítima até a sua residência localizada na rua Dr. Mario Totta, nº1108, Vila Industrial, onde a vítima relatou que um homem e uma mulher ambos morenos adentraram a sua residência, o derrubaram no chão e o amarraram pegando eu aparelho de celular marca LG de cor cinza escuro e seu veículo Ford Escort Hobby na cor cinza placa AEF-8079.

Depois se evadiram do local com o veículo, momento em que a vítima correu até o posto para pedir ajuda. A equipe fez buscas nas proximidades porém sem êxito.
O Policial Militar Fernando Lourenço da Cruz do BPFron (Batalhão de Fronteira) morreu na noite desta segunda-feira (25) em um grave acidente de trânsito. A batida envolveu dois veículos, sendo que a Parati, com placas de Maripá, atingiu a Montana, de Guaíra, na lateral. 

 Duas pessoas estavam na picape. O motorista Fernando Lourenço da Cruz, 31 anos, era policial militar do BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira) e morreu no local. Outro policial também estava na Montana e ficou gravemente ferido. Ele foi encaminhado ao Hospital. 

 Segundo informações, na Parati quatro pessoas ficaram feridas e também foram levadas a hospitais. O IML (Instituto Médico Legal) de Toledo foi acionado para recolher o corpo do policial militar(CGN).
Quinze pessoas foram detidas na operacao. Foto: Wilson Kirche/RPC
A Polícia Civil do Paraná divulgou nesta sexta-feira (22) resultado de operações durante as quais foram recuperadas 140 toneladas de chapas de aço e soja desviadas de Santa Catarina e Maringá (norte do Paraná). Quinze pessoas acabaram detidas em duas operações diferenciadas de combate a desvio de cargas deflagradas pela Polícia Civil de Maringá em conjunto com a Polícia Civil de Cascavel, Apucarana e Campo Mourão.

 Conforme investigadores, entre as pessoas presas está um empresário de Apucarana (norte do Estado), cujo nome não foi divulgado. Em uma das ações policiais foram recuperadas 70 toneladas de soja desviadas de uma empresa de Maringá. Em uma segunda ramificação da operação, a polícia recuperou 70 toneladas de chapas de aço de liga especial desviadas de uma empresa de Santa Catarina (SC). De acordo com investigadores, entre os detidos estão empresários de Maringá, Santa Mariana, Toledo, Cascavel e Apucarana. 

Os suspeitos foram indiciados por receptação e outros ainda por associação criminosa. Eles foram liberados após pagamento de fiança. O delegado-chefe da 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá, Osmir Ferreira Neves, e responsável pelo comando da operação, detalhou que as investigações duraram várias semanas e foram realizadas em várias regiões do interior do Estado com objetivo de localizar e prende pessoas ligadas diretamente ao desvio de cargas e os receptadores. 

Segundo a polícia, um dos bandos tinha como alvo de suas ações produtos siderúrgicos, enquanto outra era especializada em desvio de grãos destinados para exportação, indústrias e cooperativas. A Polícia Civil frisou ainda que apenas de uma empresa catarinense os criminosos desviaram cerca de um R$1,3 milhão em chapas de aço de alta resistência utilizadas para a fabricação de gruas, carros-fortes, pás de máquinas pesadas e outros equipamentos. Parte de uma das cargas desviadas, avaliada em torno de R$ 600 mil, foi encontrada em cinco empresas de Maringá e região.

Nove empresários foram detidos e indiciados pela prática do crime de receptação. Os nomes não foram divulgados pela polícia. Em outra operação simultânea, a Polícia Civil de Maringá identificou outra quadrilha responsável pelo desvio de 70 toneladas de soja de uma empresa de Maringá. Seis pessoas acabaram detidas, entre as quais o balanceiro da empresa, que simulava o descarregamento de grãos nos depósitos da firma. 

 A carga de produto siderúrgico acabou localizada em uma carreta e em um bitrem que estavam estacionadas em um posto de combustíveis no município de Engenheiro Beltrão, entre Maringá e Campo Mourão. Seis pessoas foram detidas e indiciadas por receptação e associação criminosa, mas também não tiveram nomes divulgados. Agora policiais civis tentam achar outra carga de 27,5 toneladas de soja desviadas, dia 8 de junho, de uma cooperativa de Campo Mourão. A carga seria levada para uma indústria em Paranaguá. O proprietário do veículo de carga já foi identificado(Jornal Tribuna de Norte).
O juiz Thiago Flôres de Carvalho decretou, na tarde de hoje, a prisão preventiva do ruralista Alessandro Meneghel. Meneghel foi preso em casa, na Rua Treze de Maio, por uma equipe do Gaeco e levado para passar por exames no IML. Na sequência ele deve ser encaminhado a Carceragem. Consta na decisão que Meneghel solicitou autorização para ter duas residências, sendo uma em Cascavel e outro Toledo. 

O Ministério Público ofertou parecer contrário e pediu a prisão preventiva. O juiz lembrou que a prisão domiciliar foi concedida porque a defesa de Meneghel alegou que ele precisava cuidar da mãe, que estaria doente. Assim, não haveria razão para ele ter permissão de também morar em Toledo, longe da mãe. “A residência do acusado, em Cascavel, onde, atual e necessariamente, reside em companhia da mãe, está, como acentuou a
assistência de acusação, a cerca de 40 (quarenta) quilômetros da denominada Fazenda Chaparral, localizada em Toledo e que, também conforme aduziu a assistência de acusação,possui expressiva dimensão territorial. Dessa forma, o que se pretende não é usufruir de prisão domiciliar para auxiliar o tratamento da mãe. É, o que se verifica pelo teor do pedido em apreciação, adequá-la aos seus interesses, em burla evidente ao instituto da prisão preventiva e, neste caso, mais especificamente, aos contornos da ordem concedida no habeas corpus”. 

 Meneghel aguarda julgamento pela morte do policial federal Alexandre Drummond Barbosa. Um júri popular chegou a ocorrer no final de março, mas foi cancelado depois que a defesa de Meneghel deixou o plenário. Atualmente um pedido de troca do local do júri, feito pela defesa de Meneghel está em análise e uma liminar impede que o júri aconteça. A defesa alega que, depois do primeiro julgamento, o ruralista poderia sair prejudicado pelo fato de os jurados de Curitiba supostamente terem formado juízo de valor sobre o réu(CGN)
Deu entrada nesta quinta-feira (21) no Instituto Médico Legal de Toledo o corpo de Edi Jesus da Silva, 49 anos. Ele sofreu uma queda durante o trabalho em uma empresa na cidade de Palotina, por volta da meia noite da quarta-feira. Socorrido o homem recebeu atendimento em um Posto de Saúde, e foi para casa no distrito de Santa Rita do Oeste, município de Terra Roxa. 

Na manhã de hoje (21), familiares encontraram Edi Jesus da Silva, morto em casa. O IML foi acionado para recolher o corpo por se tratar de morte decorrente de acidente. O exame de necropsia apontou fratura de crânio, como causa da morte. O corpo foi liberado no final da tarde para o velório e depois sepultamento no cemitério de Santa Rita do Oeste(radioeducadora.com).
Um trabalhador de 33 anos morreu soterrado na empresa Coamo na madrugada desta quinta-feira (21). De acordo com informações, o homem caiu na moega da empresa. Outro funcionário que presenciou o acidente disse que ele estava usando o equipamento de segurança, porém não prendeu na escada como deveria. O funcionário tentou ajudá-lo assim que ele caiu, mas o cereal foi despejado em cima do corpo do trabalhador. 

 A moega tem capacidade de 2,5 mil sacas de cereais, e precisou ser esvaziada para retirá-lo do local. O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar Fabiano Vais da Costa, mas ele não teve tempo de ser socorrido e morreu. O corpo foi encaminhado ao IML de Toledo. Policiais civis também estiveram no local e devem apurar as causas da morte.(Catve)
Antonio Marques Duarte, paraguaio de 24 anos e Mario Ney Chaves Pires, brasileiro de 55 anos,  morreram na tarde de domingo  em acidente com avião antes de aterrissar em  Pedro Juan Caballero. 

Brasileiro Chaves Pires
A aeronave caiu por volta das 15h30  a 300 metros da  pista do  Aeroporto Internacional Roberto  Fúster de Pedro Juan Caballero. Em seu interior havia folhas de coca.

 Segundo o site, capitanbado.com, o brasileiro Chaves Pires havia sido detido  em 1991 pela Policia Federal e investigado por pertencer a uma rede de narcotráfico que remetia cocaína ao Brasil e depois para a Europa. Um carregamento  de 849 quilos de cocaína foi encontrado em  Marabá, no Para(Capitanbado.com).
Por volta das 4h da madrugada de domingo (17), a equipe do SAMU foi acionada para atender a uma vítima de queda na rua de acesso ao balneário em Santa Helena. Ao chegarem no local, foi constatado que era uma vítima de ferimento por arma branca. 

Segundo informações, João Mateus Quevedo Welter de 21 anos foi encontrado por populares caído na via de acesso ao balneário com várias perfurações no pescoço e tórax. O SAMU realizou atendimento no local e chegaram a encaminhar João ao PAM, contudo só foi possível constatar o óbito. 

As equipes da Polícia Militar e Civil também estiveram no local levantando informações sobre possíveis suspeitos, porém as pessoas que o acharam não souberam dar maiores detalhes e ninguém foi encontrado. A polícia segue investigando.(Correio do Lago).
Por volta das 15h40  de sábado, a equipe do setor Norte da Polícia Militar, foi acionada para deslocar até a rua Marco Antonio Ochoa Filho, Jardim das Orquídeas, onde segundo ligações de vizinhos havia uma pessoa identificado como J.G.A.G  ateando fogo na própria casa. 

No local a equipe deparou-se com o homem deitado no sofá e em visível estado de embriagues, com vários móveis da sala e o forro do teto da casa queimados. Segundo relato de vizinhos, ele ateou fogo na casa de forma voluntária e vários vizinhos se mobilizaram para apagar o incêndio, a fim de evitar que o fogo se alastrasse e tomasse maiores proporções. 

A esposa de Jorge  estava trabalhando no momento do ocorrido, e vizinhos ligaram para ela e a mesma compareceu na residência. Ela  relatou a equipe que Jorge havia recebido do oficial de justiça um mandado de proibição, para que o mesmo se afastasse da residência. Informou ainda que recentemente registrou um  BO  por motivos de violência doméstica, ameaça e estupro de vulnerável. Diante dos fatos o autor foi detido e encaminhado até a sede do 19° BPM para confecção do BO, sendo posteriormente conduzido até a 20ª SDP para as providências cabíveis.
Por volta das 15h de ontem o cidadão L. C. B. informou que teve o veículo da empresa onde trabalha roubado. Conforme a vítima o mesmo estava trabalhando na estação de tratamento de esgoto, no Jardim Porto Alegre, e duas mulheres e um homem renderam a vítima e amarram as mãos com uma camisa. 

Os autores insinuaram estar armados com as mãos embaixo da camisa. Os autores levaram o veículo Montana placas AYA- 8323 e os documentos pessoais e pertences das vítima. As equipes policias foram acionadas e conforme informações o veículo foi localizado abandonado no bairro Pinheirinho, Rua Mate Laranjeira, logo após ter sido gerado o alerta de furto e roubo. O veículo foi encaminhado para 20º SDP(Foto; Catve).